COMUNICAÇÃO / NOTÍCIAS


30/11/2017 - 11:01

Santander aumenta custo do plano de saúde dos funcionários

tituloImagemSYS


O Santander informou que os valores do plano de saúde dos seus funcionários sofrerão um expressivo aumento, muito acima da inflação, de 20% nas mensalidades. No início do ano, o banco já havia mudado a operadora do plano de saúde sem qualquer negociação com o Sindicato - de Bradesco Saúde para Sulamérica - o que acarretou prejuízos aos bancários com o aumento da coparticipação de 20% para 25% em consultas, exames simples, terapias e atendimentos de emergência e, a partir da sexta consulta, esse percentual sobe para 30%.

O banco Santander tem os maiores lucros justamente aqui, no Brasil. Desde 2013, o banco quebra regras do contrato de trabalho referentes ao plano de saúde, impondo sem qualquer diálogo ou negociação reajustes sempre muito acima da inflação. Este ano, a coparticipação já aumentou devido à mudança - feita de forma unilateral pelo banco – da operadora do plano. O que além de prejudicar financeiramente o bancário, o inibe de cuidar da sua saúde, evitando consultas e exames por desinformação e falta de transparência no plano, se colocando em uma situação de risco.

Leia mais aqui

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região