COMUNICAÇÃO / NOTÍCIAS


10/08/2017 - 17:47

Sindicato apoia a Chapa “Defender a Fundação, Defender o Banrisul” na eleição da Fundação Banrisul

tituloImagemSYS tituloImagemSYS tituloImagemSYS


Os colegas do Banrisul que tiveram participação decisiva em mais uma jornada de luta contra a venda do banco público dos gaúchos este ano estão de novo em mais uma frente de batalha. Desta vez, a luta é pela defesa da Fundação Banrisul de Seguridade Social (FBSS) nas eleições ao Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal. Por isso o Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul e Região apoia os Banrisulenses candidatos e defende o voto nos números 11 e 12 no Conselho Deliberativo e número 1 no Conselho Fiscal (Saiba quais são os candidatos ao final desta reportagem no material de divulgação).

Do dia 28 de agosto a 4 de setembro, os participantes dos planos da Fundação Banrisul escolhem dois representantes no Conselho Deliberativo – órgão máximo da entidade – e um no Fiscal. É a oportunidade de eleger candidatos abertos ao diálogo e comprometidos com as necessidades dos participantes, como os integrantes da chapa Defender a Fundação, Defender o Banrisul (número 11 e 12 no Conselho Deliberativo e número 1 no Conselho Fiscal).

Prova disso é que os atuais indicados pelo Banrisul e eleitos pelos participantes nos últimos pleitos não fizeram, nos últimos anos, ajustes possíveis e necessários que poderiam deixar as contribuições pagas pelos participantes mais baixas. Se no FBPREV e FBPREV II é possível reduzir a taxa de administração, o PB Saldado já está equilibrado e sua contribuição extraordinária não é mais necessária. A disposição que os gestores da Fundação tem em empurrar uma nova cobrança para os bancários desaparece na hora de retirá-las.

Essa será a oportunidade de mudar os rumos da Fundação Banrisul. Lembre-se de votar e não esqueça: a escolha é sua e não do seu gestor.


As propostas

– Diminuição da taxa de administração;

Há condições para diminuir a taxa de administração no FBPREV e FBPREV II, com consequente diminuição na contribuição paga à Fundação

– Equalizar as taxas de contribuição do FBPREV e FBPREV II;

Unificar as taxas de contribuição dos dois planos FBPREV, permitindo uma aposentadoria maior

– Fim da contribuição extraordinária para o PB Saldado

O último balanço mostra que o plano está equilibrado e é possível acabar com a contribuição extraordinária. Os atuais gestores mostram muita disposição para cobrar novas taxas e um conservadorismo exagerado para retirá-las quando já não são mais necessárias

– Fim do voto de qualidade nos conselhos e na diretoria executiva

Os conselhos e a diretoria executiva são compostos por um número par de integrantes. Em caso de empate, a decisão é do presidente, que tanto da executiva e do Deliberativo é indicado pelos patrocinadores

– Defesa da Fundação Banrisul, lutando contra o PL 268

O momento é delicado, com possibilidade de privatização do banco. Já o PL 268 quer acabar com a eleição de membros para diretorias e conselhos de fundações

– Transmitir, ao vivo, as reuniões dos conselhos Deliberativo e Fiscal;

Os participantes têm o direito de saber o que se discute nas reuniões e os avanços tecnológicos permitem uma transmissão ao vivo quase sem custos

– Reabertura do processo de migração do PBI;

Os bancários estão pagando contribuições extraordinárias e querem migrar para outro plano. Cabe a Fundação abrir um novo processo

 

CONSELHO DELIBERATIVO

Vote 11
Atilo da Luz Escobar (Titular)

Funcionário do banrisul há 11 anos, sendo quatro na área de Controle Interno e três como instrutor em prevenção de lavagem de dinheiro. Graduado em administração de empresas pela PUCRS.

Carlos Augusto Oliveira Rocha (Suplente)

É funcionário do Banrisul desde 1979. Foi presidente do Sindicato dos Bancários de Alegrete e, entre 2011 e 2015, membro eleito do Conselho Deliberativo, cargo que também exerceu de 2001 a 2005. Diretor de Formação da Fetrafi-RS.

Vote 12
Denise Falkenberg Corrêa (Titular)

Lotada em Pelotas, no Banrisul, desde 1985 e diretora de Saúde da Fetrafi-RS. De 2011 a 2015, foi conselheira fiscal eleita da Fundação.

Ricardo Rocha Morrone (Suplente)

Técnico contábil, trabalhou por 36 anos na Fundação Banrisul, sempre na área de previdência, setor que também gerenciou por três anos.

CONSELHO FISCAL

Vote 1
Gerson Marques dos Reis (Titular)

Foi gerente de Atendimento e de Crédito na Agência Central. Cursa Ciências Econômicas na UFRGS. É diretor do SindBancários e técnico em Recursos Humanos.

Vaine Terezinha Andreguete (Suplente)

Formada em Relações Públicas, ingressou no Banrisul em 1986. Foi conselheira fiscal da Fetrafi-RS, da Contraf-CUT e diretora do Sindicato dos Bancários de Caxias e Região.

 

Fonte: SindBancários com edição do Seeb Caxias do Sul e Região