COMUNICAÇÃO / NOTÍCIAS


29/05/2019 - 15:05

Aprovados indicados de Eduardo Leite para o comando do Banrisul

Crédito foto: Fetrafi-RS


Por 31 votos favoráveis e 15 contrários, a Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira, 28 de maio, a indicação de Claudio Coutinho Mendes para exercer o cargo de presidente do Banrisul e de Osvaldo Lobo Pires, Raquel Santos Carneiro, Marcus Vinícius Staffen, Calis Müller Rauber e Fernando Postal para a diretoria do banco. A matéria havia sido adiada em três sessões anteriores por conta do questionamento a respeito do salário que seria oferecido ao presidente: R$ 128 mil e dos diretores, na casa dos R$ 90 mil.

Em uma jogada para acalmar a própria base, que reforçou o coro dos deputados da oposição, o governador Eduardo Leite orientou os representantes do governo no conselho do banco que aprovem um reajuste de até 50%. Neste caso, o salário do presidente passaria de R$ 51 mil para R$ 89,5 mil. Para os diretores, o teto será de R$ 72 mil. Entretanto, esses são os valores líquidos, o bruto pode chegar a muito mais.

Na mesma sessão, os deputados decidiram sobre o reajuste do piso regional em apenas 3,4%. "Isso mostra a contradição deste governo, que além de conceder um aumento absurdo para o presidente do Banrisul em um momento que o governo busca economizar, ainda aceita que o próprio indicado coloque o valor que quer ganhar. Isso nunca aconteceu antes no nosso estado”, destacou a diretora da Fetrafi-RS e funcionária do Banrisul Denise Falkenberg Corrêa, que acompanhou a sessão plenária.

Além disso, segundo Denise, o maior problema que a sociedade terá, agora, é segurar a privatização do Banrisul, uma vez que Coutinho tem perfil reconhecidamente privatista. Em sabatina na Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa, o indicado do governador reconheceu que até março passado foi sócio da Tiba Assessoria Empresarial Ltda, empresa que tem em seu DNA o fatiamento e venda de estatais. "Ele não vem para o banco para preservar o acionista majoritátrio, que é o povo gaúcho. Em todas as perguntas ficou evidente que vem aqui defender o interesse dos acionistas minoritários, aqueles que querem o lucro acima de tudo”, destacou o deputado Pepe Vargas na tribuna da sessão plenária.

 

Fonte: Fetrafi-RS